Como utilizar o Pinterest em sua estratégia de Search Engine Marketing?

Há poucos meses atrás vi alguns amigos utilizando o Pinterest, uma rede social focada no compartilhamento de conteúdo visual (fotos, montagens, infográficos, etc) e de primeira simpatizei com tal rede e sua organização do conteúdo compartilhado através dos Boards. Logo comecei a utilizar tal rede para compartilhar imagens interessantes e principalmente para salvar infográficos e demais conteúdos visuais que pudessem ser úteis em aulas e palestras que ministro. Aos poucos, nosso mercado digital brasileiro vem aderindo a tal rede e muitos dos influenciadores do mercado foram criando seus perfis, compartilhando informações interessantes e ganhando cada vez mais seguidores em tais redes (lembram dos Early Adopters, citados na matéria sobre orkutização do Facebook?).

Com crescimento do Pinterest em território tupiniquim, resolvi escrever este post e compartilhar com vocês algumas idéias. Vi alguns artigos em inglês tratando do tema com a abordagem que trarei aqui, mas como ainda temos poucos artigos em português sobre estratégias de Search Engine Marketing utilizando tal rede social, espero que este lhes atenda bem.

Lembra que o Conteúdo é Rei?

Sim, você já deve estar cansado de ouvir esta frase, entretanto muitos a utilizam para referenciar apenas conteúdo textual. Na web, Conteúdo deve ser interpretado como toda forma de expressar idéias e atender ao usuário: Textos, imagens, vídeos, podcasts, etc, e com o apelo visual que o Pinterest oferece, é importante que você se utilize de imagens que chamem a atenção do usuário, que passem a mensagem que sua postagem quer entregar.

Vejamos um exemplo prático: Digamos que você tem uma empresa que trabalha no ramo da construção e você compartilha conteúdo relevante sobre  seus novos empreendimentos e já troca experiências com seus usuários por outras redes, de modo a atender bem suas demandas. Além do texto falando sobre seu mais novo condomínio, é interessante disponibilizar fotos do local para melhorar a experiência do usuário e servir de fator de decisão para a conversão. Quando um leitor chegar a o seu conteúdo e se interessar por ele, poderá compartilhar tal matéria por Twitter, Facebook ou Pinterest através dos botões de mídias sociais presentes na página.

No Twitter, ele apenas compartilhará um link, e o título da matéria ou o texto que ele escrever será decisivo para que seu seguidor clique e visite a página mencionada. Já no Facebook, além do título ele poderá compartilhar uma imagem presente na postagem e a descrição da página (que você pode configurar através do Open Graph Protocol). No Pinterest, o conteúdo de maior destaque será a imagem destacada, esta será o gancho para seu conteúdo, e também utiliza o Open Graph Protocol configurado para potencializar o compartilhamento de seu conteúdo pelo Facebook. (Conforme destacado no Platform Showcase do Facebook).

Análise: Tecnisa no Pinterest

Entendida a importância da imagem, vejamos um exemplo prático de uma empresa do ramo da construção utilizando o Pinterest:

Pinterest Tecnisa

A Tecnisa é um case bem interessante para termos como exemplo. A empresa, com sólida presença nas redes sociais, largou na frente de seus concorrentes e, vendo o crescimento do uso de tal rede no Brasil, resolveu colocar sua equipe de Mídias Sociais para elaborar uma estratégia para o uso do Pinterest, aproveitando o potencial e características desta nova rede.

Analisando o seu perfil, vemos que a segmentação das imagens foi feita de forma a destacar bem os imóveis vendidos e a veia inovadora da empresa através dos boards Dicas para Seu Lar, Tecnisa Idéias e Tecnisa Mulher, atendendo bem seu público-alvo. Vemos também 3 boards com os Lançamentos de Março, um com cada novo empreendimento lançado no mês (que o nome com reticências não permite visualizar corretamente).

Update: A equipe da Tecnisa alterou o nome dos boards mencionados acima, melhorando a visualização dos títulos e corrigindo o problema citado. Fico feliz em ter ajudado 🙂

Ao analisar um item compartilhado, notamos que a descrição do item está bem rica e que há um link tagueado no texto e que a imagem linkada também está tagueada para verificar pelo Google Analytics quais imagens (e quais boards) estão trazendo maior visitação para o site e assim ajustar sempre a estratégia utilizada.

Imagem compartilhada no Pinterest

Na página que o link nos leva, podemos ver também que já há um botão do Pinterest para facilitar o compartilhamento da página em tal rede.

Benefícios para SEO?

Ao ser lançado, o Pinterest trazia links dofollow nas imagens, passando a relevância de sua página para seu site e lhe auxiliando no processo de aquisição de links de qualidade para melhor posicionamento de seu site. Recentemente, os links foram alterados para nofollow, não repassando qualquer relevância para seu link, entretanto ainda podendo levar um tráfego qualificado para seu site.

Você pode visitar o endereço http://pinterest.com/source/tecnisa.com.br para ver quais páginas do site foram compartilhados e se utilizar de tal informação para estudar o comportamento dos usuários nesta rede, o que do seu site é mais compartilhado por eles de forma espontânea (Dica: troque o domínio ao final para ver do site que você desejar), e se utilizar disso para aprimorar seu conteúdo e estratégias de conteúdo para seu site.

Conclusão

O Pinterest possui um funcionamento que destaca imagens e o apelo visual das imagens utilizadas em seu site fará a diferença nesta rede e você poderá se comunicar com um nicho de usuários interessados neste tipo de conteúdo visual, além de poder estudar seu comportamente e aprender com o estudo dos mesmos, tagueando seus links e facilitando o compartilhamento de seu conteúdo nesta rede. Eu já estou por lá e tenho sido diariamente impactado por conteúdo interessante, reenviando posts de amigos e tendo acesso a conteúdo que me chama a atenção de forma diferente das outras redes sociais.

Estude tal rede, veja se é possível se utilizar de tal rede para ter seu mural de fotos interessantes e conquistar novos seguidores, seu negócio agradece!