Automattic: Quando uma empresa cresce mas o escritório diminui

A Automattic, uma empresa 100% trabalho remoto/home-office e distribuída por todo globo terrestre com mais de 550 colaboradores, está fechando seu escritório em San Francisco.. Por que?

Alguns portais noticiaram que o escritório está sendo fechado e seus funcionários foram mandados para casa, o que pode induzir algumas pessoas a entender que a empresa fechou e pessoas foram demitidas mas isso é o contrário do que aconteceu. Com isso, este post serve para esclarecer um pouco disso e compartilhar como a Automattic funciona. Mas primeiro, vale lembra que não foi “O WordPress” que fez isso, foi a Automattic. A marca WordPress pertence a WordPress Foundation, uma fundação sem fins lucrativos mantida 100% por voluntários, o que garante que o software do WordPress é gratuito e livre para todos, independente do fundador da Automattic ter o criado, e mantemos apenas a marca “WordPress.com” como sendo uma empresa do grupo Automattic. Se você utiliza o software do WordPress, ele é SEU também.

Essa história começa no fim de 2011 quando a Automattic tinha por volta de 100 colaboradores. 15 de nós eram da região da Baía de San Francisco e os demais espalhados pelo mundo. Tinhamos um pequeno escritório em San Francisco (na Pier, 38), que era utilizado pelos colaboradores de lá, muitos visitantes e muitos eventos sobre WordPress. Então nós, assim como outras startups, fomos despejados pela San Francisco Porth Authority e começamos a buscar por um novo local para nossa sede. Como 15% da empresa morava naquela região e já tinhamos planejado crescer para mais de 500 pessoas nos próximos 5 anos, decidimos que precisávamos de um espaço para 75 a 100 pesoas. Com isso, acabamos alugando um armazém de 1300 metros quadrados na região de SOMA e reformamos o local para ser um fantástico espaço para eventos e co-working.

Então aconteceu algo inesperado.

A Automattic realmente conseguiu crescer para mais de 500 colaboradores (e foi quando entrei na empresa em 2015, trabalhando remotamente seja de casa no Rio de Janeiro ou de onde a internet e um notebook permitam), entretanto a quantidade de pessoas residindo na área de San Francisco nunca chegou a ser mais do que entre 20 a 30% da quantidade de colaboradores. A empresa ganhou novos colaboradores de uma maneira fantástica e se espalhando cada vez mais pelo mundo e nunca precisamos de fato de todo espaço como um escritório. O espaço foi utilizado para muitos eventos, incluindo um encontro anual da empresa que durou uma semana em 2013, mas em termos de co-working mesmo nunca chegou a ser utilizado da forma pensada inicialmente. Então, quando chegou o momento de renovar o contrato de locação, decidimos sair não renovar o contrato. Quem sabe mais para frente não tenhamos um espaço em um coworking ou voltamos a nossas raízes e tenhamos um escritório menor, mais parecido com o primeiro na Pier 38.

Por que isso aconteceu? Listo aqui alguns fatores que não levamos em consideração inicialmente:

  1. Mesmo contratando pessoas de San Francisco, algumas irão mudar de cidade ou não mais usam o escritório já que isso é algo opcional. Por exemplo, dos 32 colaboradores que moram na região, menos da metade vai para o escritório num dia de trabalho mais agitado, preferindo trabalhar do ambiente que já estão acostumados, aproveitando a liberdade que o trabalho remoto propicia.
  2. O crescimento da empresa com contratações de profissionais em outros países acelerou à medida que a empresa cresce. Nossa porcentagem de americanos/outros países era de 65/35 há cinco anos e este ano se aproximou ainda mais de ser 50/50 !
  3. Planejamos ter nosso HQ para abrigar muitos eventos da empresa, mas os custos e hospedagem em San Francisco subiram tanto que ficou menos custoso fazer nossos meetups anuais em qualquer outro lugar do que ter um espaço nosso em San Francisco.
  4. A quantidade de funcionários que moravam na região de San Francisco caiu de 9.6% morando na região em que o escritório ficava para apenas 4.4%, logo cada vez menos pessoas tem a facilidade de aproveitar tal espaço.

Internamente, muitos da empresa estão falando que sentirão falta do nosso HQ, eu mesmo não tive o prazer de conhecer o espaço, mas não vou sentir falta de ter uma sala por lá já que até o não ter reforça o fato de que acreditamos e apostamos sempre no bem-estar de nossa equipe os deixando livres para trabalhar de onde quiserem, investindo mais tempo na própria vida e naquilo que os faz feliz.

Se você está criando uma empresa também focada em trabalho remoto e distribuída por diferentes lugares/países, acredito que você vá passar por um padrão semelhante de começar tendo as pessoas mais próximas da sede da empresa e quando mais distribuída ficar, menos gente estar nestes arredores. Algo muito bom para ter em mente quando for montar sua sede e também uma experiência que ficamos felizes em poder compartilhar com vocês. E se você quiser saber um pouco mais de como funciona nossa cultura de trabalho na Automattic recomendo a leitura do artigo
Automattic: conheça a cultura de uma empresa Open Source.

Agora deixa eu aproveitar o home-office e jogar videogame pra relaxar a cabeça, daqui a pouco começa mais um turno de trabalho por aqui e com a mente fresca para ser bem produtivo! 😀 Já jogaram Injustice 2 ?

Fonte: inspirado  no post original do Toni Schneider, nosso colega aqui da Automattic, que foi mais rápido do que eu reunindo os detalhes e dados mencionados.

Sobre Guga Alves

Happiness Engineer at WordPress.com / Automattic, I'm that guy who works hard to put a smile on your face when you need help from us! Happiness is all that matters in our lives and my main focus is share it with you!

10 Respostas

  1. Sensacional Guga, parabéns pelo artigo e cultura que tem ajudado a criar e se modernizar na Automattic.
    Na Porto Seguro temos também um projeto ambicioso de ter pelo menos 40% dos funcionários em H.O. Já estamos com aproximadamente 2.500 funcionários desfrutando dos benefícios de qualidade de vida, dos quase 15.000 funcionários no Brasil e assim contribuímos não só para a vida de nossos colaboradores, mas também com o meio ambiente, trânsito e vários outros aspectos urbanos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. moondrix

    Oi Guga, minha meta é trabalhar também na Automattic, já trampo com criação de temas e plugins numa agência e ir para fundadora da ferramenta que mais uso é quase um sonho.

    Você recomenda algo como um guia e/ou “caminho das pedras”?

    Curtir

  3. Oi Guga, legal seu blog, legal sua historia.
    se importa de me tira uma duvida? Você tbm atende clientes em Inglês ou so Português? Eu moro na Irlanda a 3 anos, já tenho um nível de Inglês avançado, e as vezes penso em tentar o sonho de trabalhar pra Automattic. Tenho um amigo que trabalha e ele sempre me da forca pra tentar, mas ele e Native English Speaker, so… Eu fico me perguntando se existe a possibilidade de atender somente em Português. Eu me sinto capacitada pra atender em Inglês tbm, mas me sentiria muito mais confortável atendendo em Português e ajudando Brasileiros.

    bom, obrigada !

    Curtido por 1 pessoa

      1. Hahahaha, obrigada pela força ☺️. Eu vou tentar sim, estou me especializando , fazendo uns cursos , tirei uma certificação Microsoft de HTLM5 development fundamentals agora agora estou estudando pra outras.
        Estou até começando um curso de WordPress, vou te passar o link pra vc ver se é válido pra essa aérea que vcs atuam….
        Quem sabe assim eu tenho uma chance né?
        Brigadao mesmo, keep the good work 😁

        https://www.cmit.ie/web-design-and-ecommerce-distance-learning-courses/fetac-web-design/

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s